Rejuvenescimento da pele: procedimentos que auxiliam a refletir sua vitalidade e energia interior

Enquanto o rejuvenescimento melhora a textura da pele, o resurfacing ameniza a aparência de rugas e linhas finas de todo o rosto

É tão bom quando a aparência exterior reflete toda a juventude e energia que sentimos por dentro. Para evidenciar isso, o rejuvenescimento da pele e o resurfacing são procedimentos que ajudam a melhorar a aparência da pele, trazendo todo o bem estar da pessoa. Podem ser realizados tanto através de laser, luz quanto tratamentos baseados em energia à peeling químico e demais métodos não abrasivos.  O resultado é uma aparência mais suave, clara e jovem.

rejuvenescimento da pele

O rejuvenescimento vai tratar a pele dando uma nova textura. Já o resurfacing a laser melhora a aparência de rugas e linhas finas de toda a face, assim como as que se desenvolvem em regiões específicas do rosto, como o lábio superior ou ao redor dos olhos. “Os tratamentos a laser e luz, ou peelings químicos especialmente formulados, tratam disfunção de pigmentação, tais como manchas do sol e da idade”, explica o cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, doutor Tiago André Ribeiro.

Os procedimentos ainda ajudam a melhorar a aparência de cicatrizes de acne e demais condições da pele. “O grau de cicatrização, o seu tipo de pele e a cor determinarão as opções de tratamento indicadas para você”, comenta Tiago Ribeiro. Também é feita uma análise cuidadosa da cor natural e do tipo de pele da paciente. Isso determina o tratamento mais adequado e ameniza o risco de desenvolvimento da pigmentação adicional ou a perda de pigmentação (clareamento da pele).

rejuvenescimento da pele

Em ambos os casos, o cirurgião plástico vai fazer uma avaliação geral da saúde do paciente e todas as condições pré-existentes ou fatores de risco, por exemplo, examinar e medir o rosto e tirar fotos para prontuários médicos. “Além disso, também são discutidas opções e recomendações de tratamentos, além de abordarmos os prováveis resultados dos procedimentos e quaisquer complicações potenciais”, conta o cirurgião plástico.

Após o procedimento, a proteção solar é absolutamente essencial, principalmente no primeiro ano depois de se submeter ao tratamento, evitado pigmentação irregular. “Proteção solar diligente durante toda a vida ajudará a manter sua nova pele mais macia e jovem”, conclui o cirurgião plástico, Tiago Ribeiro.

Situações que podem ser tratadas

Geralmente, as pacientes recorrem aos tratamentos de rejuvenescimento de pele quando notam rugas estáticas, ou seja, rugas que são sempre visíveis e não mudam de aparência com os movimentos faciais; rugas dinâmicas, que são as linhas de expressão que podem aparecer como pregas quando a pele não está se movendo, e aprofundar com os movimentos faciais ou expressões; sardas e manchas escuras resultantes, principalmente, da exposição ao sol; cicatrizes de acne ou ferimentos na pele e a perda de tonalidade da pele, ou seja, o enfraquecimento da estrutura de sustentação da pele (fibras de colágeno e elastina), que resulta em perda de firmeza da pele, ou desenvolvimento de celulite.

Fonte: Agência Casa de Notícias

Referências: Dr. Tiago Ribeiro

Até a próximo!