Como escolher acessórios que valorizem a produção

A maioria das pessoas só pensa em uma produção bacana quando tem um evento ou ocasião importante. Cabelo, make, look, acessórios

E este ultimo ponto pode atrapalhar todo o processo de construção de uma imagem bacana. Pode parecer besteira, mas pensa comigo: você capricha no look, demora um tempão arrumando seu cabelo, make então, nem se fala. Fica deslumbrante! E vai deixar os acessórios estragarem sua produção toda? Não né.

Mas Dê, como vou saber se o acessório que estou usando está acabando com meu look?

Calma, eu vou te ajudar a identificar o que você deve ponderar na hora de escolher os acessórios.

Começamos analisando bem o seu look, seja vestido, macacão ou a composição que você tenha escolhido. Peças com muitos babados, florais ou com apelo romântico em geral não combinam com acessórios “poderosos”. Por exemplo: um vestido floral não combina com um maxi brinco geométrico, pois a mensagem das duas peças não é a mesma.

É importante pensar na mensagem que você quer transmitir com a sua roupa, e fazer com que os acessórios conversem entre si. No caso que citei, se a sua roupa tem apelo romântico, opte por colares e brincos discretos, com brilho discreto. Pérolas são sempre elegantes e caem bem.

Agora, se a sua roupa é toda trabalhada no brilho, vai com calma amiga. A sua roupa será o centro das atenções, e os acessórios são coadjuvantes no look. Um maxi brinco, ou um maxi colar, ou peças com muito brilho podem criar uma disputa de atenção que desvaloriza e carrega demais o visual.

Escolha um dos pontos para fazer brilhar, para que o acessório realce o look.

Já no caso da alfaiataria, os acessórios estão liberados. Peças geométricas, pedrarias, pérolas, todos são bem aceitos nas peças de alfaiataria.

E como compor os acessórios entre si?

Esta dica é simples. Comece escolhendo um ponto que irá ser o centro das atenções: brincos, colar, anel ou braceletes. Um destes pontos pode receber mais atenção. Por exemplo: um maxi brinco, e o restante dos acessórios mais discretos. Um maxi colar, e o restante mais comedido. E  assim vai! Ou você pode escolher conjuntos ou composições medianas, que conversem entre si em algum ponto: cor, brilho ou formas.

Gostou das dicas? Você pode tirar suas dúvidas pelas redes sociais: